quarta-feira, 10 de junho de 2020

CONHECENDO AS PRAIAS DO DESEMBARQUE ALIADO DE...TÁXI


Olá amigos doBlog. Estava em Arromanches, Normandia. Era a minha primeira vez e planejara conhecer as cinco praias do Desembarque do Dia D, Utah, Omaha, Gold, Juno e Sword. Fiquei hospedado em um simpático hotelzinho chamado Hotel Le Mulberry, local equidistante das atrações que queria ver. Fui alugar um carro em Bayeux, achei que seria fácil. Era alta temporada e havia magotes de turistas japoneses por toda a parte. Tinham alugado todos os carros em Bayeux. O mesmo fato aconteceu em Caen. Nada disponível.

Voltei preocupado, desmoralizado para o hotel. Como era possível vir de tão longe e não conseguir conhecer tanta história militar que havia naquela região, por toda a parte? A dona do hotel, Aline, vendo o meu desalento (acho que ficou com pena de mim), sugeriu:
- Néster, por que tu não pegas um táxi?
- Ora, Aline, seria muito caro, um suicídio para quem viaja com dinheiro contado. Aqui tudo é Euro. Respondi.
- Néster, o hotel tem uma motorista que trabalha para a gente, é um táxi. Queres tentar? Concluiu.
Aceitei, não tinha mais nenhuma opção. Na manhã seguinte apareceu no hotel a Josiane e seu táxi Renault. Começamos a negociar um preço razoável, uma diária que eu pudesse pagar. Com a morte no coração tive que aceitar o valor de 100 Euros, não tinha escapatória. Era pegar ou largar.
Foi a escolha mais correta da minha vida! Josiane havia nascido na Normandia, conhecia absolutamente tudo, praias do desembarque, lojas, museus, campos de batalha, pontes, destroços, memoriais, sebes, cemitérios, monumentos, e por aí vai. Até a velha carcaça de um tanque Sherman destruído em um campo ela me mostrou. Se eu tivesse alugado o carro e feito o tour sozinho, como planejado, iria conhecer muito pouco. Com certeza iria me perder naqueles labirintos de estradinhas, vilas, teias de trilhas e campos.
Desta forma eu conheci tudo! A Josiane me pegava no hotel às 8 h e me devolvia às 18 h. Uma praia e região por dia, durante cinco dias, consecutivos. Um aproveitamento total. No final sobrou até alguns dias e deu para mergulhar nos destroços do porto artificial Mulberry, em Asnelles. Sensacional. Que história!



Com a Josiane na praia de Omaha



cavaleirodasprofundezas@gmail.com

Nestor Antunes de Magalhães é 2º Ten R/1 do Exército Brasileiro, tendo servido os nove últimos anos de sua vida profissional no Museu do Comando Militar do Sul, Porto Alegre. É membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil (FAHIMTB), mergulhador CMAS** com quatro especializações, Submarinista Honorário da Marinha do Brasil e recebeu a Medalha do Mérito Tamandaré. Mergulhou em inúmeros naufrágios por toda costa brasileira, destacando, entre outros, a participação em uma expedição exploratória no Parcel de Manuel Luís, Maranhão. Também mergulhou em naufrágios de Truk Lagoon, Hawaii, Golfo de Suez, Golfo de Aqaba, Estreito de Tiran, Estreito de Gubal e Mar Vermelho.

0 comentários:

Postar um comentário