segunda-feira, 30 de março de 2020

FORT TRUMBULL


Olá amigos. Que dureza este tempo de quarentena, não é? Vamos tornar menos enfadonho este período colocando mais algumas histórias curtas aqui nesse espaço. Espero que gostem.

Eu estava em New London, Connecticut, EUA. O objetivo era mergulhar e explorar o naufrágio do U 853, submarino alemão Tipo IX C/40, afundado em combate nas últimas horas (ou horas depois) do fim da II Guerra Mundial ao largo de Block Island. Uma história trágica. O meu guia era um mergulhador americano chamado Gary e me alojou em uma velha lancha abandonada no cais. Inesquecível.
Como tinha três dias livres antes do mergulho, fui vistar alguns lugares interessantes nesta antiga cidade de caçadores de baleias. Um deles foi o Fort Trumbull, construído em 1777 e reformado de 1839 a 1852. Esta fortaleza foi tomada pelos ingleses durante a Guerra Revolucionaria americana; durante a Guerra Civil abrigou um centro de reorganização de tropas da União e sede do 14º Regimento de Infantaria Na II Guerra Mundial sediou uma escola para oficiais da Marinha Mercante e por fim, em 2000, virou um belíssimo parque estadual. Mas o motivo desta matéria é comentar um monumento que está dentro das muralhas da fortaleza. Trata-se de um canhão de alma lisa, possivelmente calibre de 10 pol e carregamento antecarga.
Acontece que a arma tem uma guarnição na escala 1/1 que está em plena operação de carregamento e os atarefados artilheiros são figuras em bronze (ou seria algum tipo de resina?), perfeitos nas expressões de esforço, tensão, vibração e força, como que o metal quente fosse derramado sobre os soldados. É impressionante e isto vale a pena mostrar para vocês. Que história!
















cavaleirodasprofundezas@gmail.com

Nestor Antunes de Magalhães é 2º Ten R/1 do Exército Brasileiro, tendo servido os nove últimos anos de sua vida profissional no Museu do Comando Militar do Sul, Porto Alegre. É membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil (FAHIMTB), mergulhador CMAS** com quatro especializações, Submarinista Honorário da Marinha do Brasil e recebeu a Medalha do Mérito Tamandaré. Mergulhou em inúmeros naufrágios por toda costa brasileira, destacando, entre outros, a participação em uma expedição exploratória no Parcel de Manuel Luís, Maranhão. Também mergulhou em naufrágios de Truk Lagoon, Hawaii, Golfo de Suez, Golfo de Aqaba, Estreito de Tiran, Estreito de Gubal e Mar Vermelho.

0 comentários:

Postar um comentário