sábado, 5 de maio de 2018

THE TANK MUSEUM E A FORMIDÁVEL FAMÍLIA TIGRE

Olá amigos do blog. Pega-se um trem na estação Waterloo, em Londres e depois de uma viagem de 2h30min, no rumo sudoeste da Inglaterra, desembarcando na pequena estação de Wool, chega-se ao famoso Museu dos Tanques de Bovington. Possivelmente é o maior e mais bem organizado museu de tanques do mundo. Ali está a história dos blindados, a partir de 1916 aos nossos dias. São mais de 300 veículos, desde o primeiro tanque, o Little Willie ao pesado Challenger 2, distribuídos em seis grandes salões. O Museu, com entrada paga, recebe mais de 200.000 visitantes por ano.Talvez Kubinka, na Rússia, que visitei em 2009, tenha um acervo similar.
Atualmente a maior e mais importante atração do Museu é uma notável exposição temporária que mostra a Família Tigre na totalidade do seu esmagador poder de fogo, primorosa proteção e mobilidade. Ver aqueles engenhos colossais, repletos da mais pura História, é memorável, é apaixonante. Ali estão um Tigre I (que ainda anda), um Tigre II com torre Porsche, um Tigre II com torre Henschel, um Jagdtiger e um Elefant; este último foi transportado dos Estados Unidos para compor esta mostra. Faltou somente um Sturmtiger, embora exista no espaço um expositor com o tubo de 380 mm deste blindado. A exposição deve permanecer aberta até o final de outubro de 2018. Confiram as fotos.


















 

cavaleirodasprofundezas@gmail.com

Nestor Antunes de Magalhães é 2º Ten R/1 do Exército Brasileiro, tendo servido os nove últimos anos de sua vida profissional no Museu do Comando Militar do Sul, Porto Alegre. É membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil (FAHIMTB), mergulhador CMAS** com quatro especializações, Submarinista Honorário da Marinha do Brasil e recebeu a Medalha do Mérito Tamandaré. Mergulhou em inúmeros naufrágios por toda costa brasileira, destacando, entre outros, a participação em uma expedição exploratória no Parcel de Manuel Luís, Maranhão. Também mergulhou em naufrágios de Truk Lagoon, Hawaii, Golfo de Suez, Golfo de Aqaba, Estreito de Tiran, Estreito de Gubal e Mar Vermelho.

0 comentários:

Postar um comentário