domingo, 13 de outubro de 2013

Expedição ao Egito!

Em setembro de 2013.
Olá amigos.
Retornei esta semana de uma viagem de 20 dias ao Egito. Meu objetivo por lá era mergulhar no naufrágio do SS Thistlegorm, cargueiro inglês de 4.898 ton, 128 m de comprimento e abarrotado de material bélico destinado ao 8º Exército. Foi afundado na madrugada de 06 Out 1941 no Golfo de Suez  por bombardeiros Heinkel 111 baseados em Creta (KG 26). Uma história fascinante. Este navio é um dos top points do mundo para os mergulhadores de naufrágios. Bem, acabei realizando 18 mergulhos ( 2 deles no Thistlegorm ) em naufrágios no Golfo de Aqaba, Estreito de Tiran, Estreito de Gubal, Golfo de Suez e Mar Vermelho. Também aproveitei o momento para ir a El Alamein que dista 240 km do Cairo. O guia me pegou no hotel por volta das 6h e viajamos por boa parte da manhã. Pelo caminho alguns bloqueios de estrada  feitos por elementos do Exército egípcio e policia. Nestes locais sempre havia um blindado e muitos AK 47. Fiquei surpreso ao ver tanques Abrams M1. Não sabia que o Egito tinha este excelente carro de combate americano.
Bem, visitei o cemitério inglês e o alemão. Depois o Museu Militar de El Alamein, a pirâmide de Marseille e o campo de batalha. Sensível a preocupação do guia com as minas. El Alamein marcou o apogeu da guerra de minas. Em nenhum momento e em nenhum campo de batalha da II Guerra Mundial se fez delas um emprego semelhante. E ainda existem milhares por lá, potencialmente perigosas. Voltamos à noite para o Cairo. Uma jornada extenuante porém inesquecível. Heia safari!

Na entrada do cemitério inglês

Junto a pirâmide de Marseille

Tanque inglês Crusader no Museu Militar de El Alamein

Caça Sukhoi no Museu Militar do Cairo


Tanque russo IS 3 Stalin no Museu Militar do Cairo



Obus de 380 mm no porão do SS Thistlegorm


Visibilidade perfeita no Mar Vermelho


Pneu a bordo do SS Thistlegorm